COVID-19 e Influenza A/B | Teste Rápido DUO
O teste rápido DUO permite a deteção de SARS-CoV-2 e Influenza A e B num procedimento único

Teste Rápido Duo (Antigénio COVID-19 e Influenza A/B)

Teste rápido que conjuga a deteção do SARS-CoV-2 e Influenza A e B em 15 minutos num procedimento único, numa única colheita e cassete com 2 resultados.

teste-covid-19-duo-antigenio-sars-cov-2-influenza

Última noticia:

Testes Rápidos de Antigénio da Biojam Holding Group revelam-se eficazes no diagnóstico da nova estirpe da COVID-19

Estudos realizados pela empresa Alemã nal von minden, fabricante dos testes de antigénio da Biojam Holding Group, revelam que a mutação verificada nas nucleoproteína viral de SARS-CoV-2 não interfere na capacidade de diagnóstico dos testes rápidos de antigénio NADAL®️ COVID-19 Ag e NADAL®️ COVID-19 Ag+Influenza A/B. A garantia surge após testes que comprovam que a nova estripe identificada no Reino Unido apresenta mutações na proteína do pico (proteína S) que poderão estar na origem do aumento da transmissibilidade. Os testes rápidos NADAL®️ não utilizam a proteína spike (proteína S) na detecção do vírus, mas sim a proteína do nucleocapsídeo (proteína N) que, segundo informações da OMS e do ECDC, não sofreu alterações.

Publicação realizada por nal von minden GmbH
https://www.nal-vonminden.com/en/news/detectability-of-the-new-corona-virus-variant/

Performance de Diagnóstico

0 %
Sensibilidade
COVID-19
> 0 %
Especificidade
COVID-19
0 %
Sensibilidade
FLU A
0 %
Especificidade
FLU A
0 %
Sensibilidade
FLU B
0 %
Especificidade
FLU B

Vantagens do teste DUO

Diminuir o risco de erro
e identificação

Diminuir os recursos
humanos alocados

Facilidade de uso em ambiente hostil de urgência

Diminuição considerável de resíduos

Os dois resultados em 15 minutos

Menor desconforto para o doente, uma vez que só necessita de uma colheita com zaragatoa

Economia na aquisição
(Sendo só um único teste)

Procedimento do teste após recolha da
amostra através da zaragatoa

procedimento-teste-duo-apos-recolha-amostra-zaragatoa

Interpretação dos Resultados

interpretacao-resultados-teste-duo-zaragatoa-covid-19

Nadal COVID-19 Ag + Influenza A/B - Conteúdo da caixa

20

Testes cassete
NADAL® COVID-19 Ag + Influenza A/B

20

Zaragatoas estéreis

20

 Tubos de extração incluindo tampas conta-gotas

1 ou 2

Frascos de tampão
(Total 14 mL)

1

Suporte de tubos

1

Folheto informativo

Registo INFARMED IP

Teste Rápido NADAL COVID-19 Ag + Influenza A/B
Registado no Infarmed (SIDM) a 11/11/2020 com o CDM 627514904

Brochura Teste DUO – PDF

(Download)

Instruções de Utilização – PDF

(Download)

A DGS e o Governo Português publicaram a norma número 019/2020 de 26/10/2020 da DGS que entrou em vigor a 09/11/2020

Fluxograma da Estratégia Nacional
de Testes para SARS-CoV-2

fluxograma-estrategia-nacional-de-testes-sars-cov-2-covid-19

O Dispositivo de Diagnóstico In vitro NADAL COVID-19 Ag + Influenza A/B aporta claramente uma vantagem ao nível dos serviços de urgência para fazer face ao descrito na norma número 019/2020 de 26/10/2020 da DGS que entrou em vigor a 09/11/2020:

Pág.3 e 4 da Norma número 019

Reduzir e Controlar a Transmissão da Infeção por SARS-CoV-2

6. Todos os doentes com suspeita de infeção por SARS-CoV-2 devem realizar teste laboratorial para SARS-CoV-2 em amostras do trato respiratório (superior e/ou inferior), nos termos da Orientação 015/2020 da DGS e da Circular Informativa Conjunta DGS/INFARMED/INSA nº 003/CD/100.20.200.

7. Para o diagnóstico da COVID-19 em doentes com suspeita de infeção por SARSCoV-2, nos termos da Norma 004/2020 da DGS, devem ser utilizados os seguintes testes laboratoriais (Anexo 1):

a. Doentes sem critérios de internamento, com indicação para vigilância clínica e isolamento no domicílio:

i. Teste molecular (TAAN), ou;
ii. Teste Rápido de Antigénio (TRAg), preferencialmente, nos primeiros 5 dias (inclusive) de sintomas;
iii. Nas pessoas com resultado negativo no TRAg deve ser realizado um teste molecular (TAAN) confirmatório, no máximo nas 24 horas seguintes, nas situações de elevada suspeita clínica de COVID-19.

Pág.9 da Norma número 019 – Anexo 1

estrategia-nacional-de-testes-para-sars-cov-2